Revista Sucesso

Atualizado em 28/06/2016 15:03

Gastronomia

Comida bem brasileira

É difícil não incluir este picadinho no cardápio pelo menos uma vez por semana, por ser prático, rápido e gostoso.

Da redação

Não existe nada mais brasileiro que um prato de arroz e feijão. E uma ‘mistura’ que pode ser uma salada, legumes refogadinhos, algum tipo de carne. Na época em que eu não comia carne, as pessoas me perguntavam como conseguia preparar uma refeição sem ter carne. É verdade: não tinha carne mas tinha ovos, peixe, queijos, leguminosas, o que já é muita variação.

Atualmente eu mesma me pergunto: como é que consegui cozinhar tantos anos sem carne?

A receita que apresento abaixo vem desse tempo; guardei na memória para fazer de vez em quando um prato com carne. Estava fazendo uma pequena reforma em casa e espiava com curiosidade na marmita dos pedreiros para ver o que era aquilo que tinha um cheiro divino.

Era arroz, feijão e não sabia definir mais o quê. Um dia perguntei. Era carne moída e pimentão verde. Tão simples e, no entanto, a combinação perfeita para o arroz e feijão, elevando um prato tão cotidiano a uma condição quase gourmet. Atualmente é difícil não incluir este picadinho no cardápio pelo menos uma vez por semana, por ser prático, rápido e gostoso. E fácil também. Como é quase um recheio de pastel que,se você quiser,poderá usar para rechear panquecas, tomates ou sanduíches. Mas só com arroz branco acompanhando é uma delicia!

Pimentões verdes à brasileira

(quatro porções)

  • 1/2 quilo de carne moída de primeira. Prefiro escolher a carne e pedir para moer. Gosto de carnes magras, alcatra ou patinho. Aí, vai do seu gosto;
  • 1 cebola grande, picada em cubinhos;
  • 3 dentes de alho socados com sal;
  • 1/2 xícara de chá de óleo;
  • 2 pimentões verdes sem sementes, cortados em cubos de menos de 1 centímetro;
  • Sal e pimenta a gosto.

Comece refogando no óleo a cebola. Quando começar a dourar, acrescente o alho e a carne moída.
Cozinhe mexendo, para não empelotar. Deixe assim até secar e fritar, ficando bem soltinha.
Experimente o sal, a pimenta e,se estiver formando grumos, acrescente meio copo de água fria.
Quando secar todo o liquido, desligue o fogo e insira o pimentão picado.
Tampe até que cozinhe um pouco o pimentão, no bafo da carne moída.
Está pronto para servir. Se tiver feijão recém-cozido, melhor ainda.

Bom proveito!

 

picadinho, pimentão

Colunista

Maria de los Angeles

Autodidata, especialista em culinária espanhola e cronista gastronômica
maria@delosangeles.com.br

Veja mais artigos
Mais lidas
  1. Uma sobremesa muito refrescante
  2. SARDINHAS
  3. Alióli
  4. Cuscuz Rodolfo Valentino
  5. Gaspacho Andaluz
  6. Cacau do bom
Leia também
  1. Um bolo com gosto de sítio
  2. low Food, a arte de cozinhar lentamente
  3. Cuscuz Rodolfo Valentino
  4. Alióli
  5. Um bolo lá da roça
  6. Cozinhando com vinho