Revista Sucesso

Atualizado em 15/06/2016 10:01

Educação

Ler é importante

Como fazer com que a leitura seja vista pelos pequenos não como uma tarefa, mas como algo prazeroso?

Da redação

Criar um hábito de leitura, desde criança, é importante. Essa é uma afirmação muito comum e provavelmente todo pai já a ouviu ao menos uma vez. Porém, como criar na criança o gosto pela leitura? Como fazer com que a leitura seja vista pelos pequenos não como uma tarefa, mas como algo prazeroso?

Nos dias atuais, existe ainda mais um fator que poderia ajudar, mas acaba muitas vezes por atrapalhar a construção de um hábito de leitura nas crianças: as adaptações das obras literárias para a TV ou para o cinema.
Uma adaptação literária para o cinema, por exemplo, pode enriquecer a leitura do material que lhe deu origem. Mas muitas vezes acaba funcionando como um substituto. Afinal, se o filme já contou a história, qual a necessidade de se ler o livro? O que a leitura poderia adicionar?

A resposta para essa pergunta pode surpreender aqueles que acreditam que ler um livro é somente compreender a história que este traz. Os leitores apaixonados não se cansam de repetir que, na maioria esmagadora das vezes, o livro é muito melhor que o filme. Isso se dá porque uma história pode ser contada de várias maneiras, mas em um livro o autor tem a oportunidade de explorar vários fatores que, ao serem traduzidos para a tela de cinema, acabam se perdendo. Mesmo as mais diversas técnicas para se contar uma história em um filme não conseguem alcançar todas as nuances que a mídia escrita conseguiria.

E o contrário também é verdadeiro. Se muito se perde quando se traduz um livro para um filme, muito também pode ser adicionado. Afinal, uma boa adaptação cinematográfica encontra maneiras criativas de, respeitando-se o material original, contar a história de uma forma que prenda o espectador e que o faça ainda mais interessado na trama.

Por todos esses fatores, mostra-se a importância de se ler o livro e também assistir sua produção para o cinema. Mesmo que existam algumas desvantagens, como a imposição de uma aparência para os personagens e cenários que acabam limitando a imaginação do leitor, ainda assim, assistir a um filme baseado em livro abre espaço para indagações e discussões que talvez não acontecessem somente com a leitura. O filme pode, sim, expandir horizontes, mas não deve funcionar como substituto da leitura, pois nesse caso apenas empobreceria ainda mais a experiência.

 

literatura, leitores, expandir horizontes

Colunista

Mariana Maiz Pirolo

Bacharel em direito, apaixonada por literatura e blogueira. Blog Pequenos Retalhos

Veja mais artigos
Mais lidas
  1. Ler é importante
  2. Ler por prazer
  3. O leitor e o livro
  4. Evolução
  5. Viajar é para todos
  6. Quando os meios contribuem para a comunicação
Leia também
  1. Leitura e novas tecnologias
  2. Ler é importante
  3. Viajar é para todos
  4. Ler por prazer
  5. Velhas desculpas para velhos problemas
  6. É possível cobrar a aplicação da lei sem que...