Revista Sucesso

Atualizado em 27/06/2016 10:51

Gastronomia

Tortilha Espanhola

Esta não é uma receita inédita.Mas, como é uma receita estrela, vale a pena repeti-la várias vezes.

Da redação


Prato típico espanhol, não há bar, boteco, padaria e casa onde não esteja presente todos os dias ou, pelo menos, uns três dias na semana. O mais importante ingrediente é a frigideira, que não pode grudar de jeito nenhum. Como na Espanha se faz tortilha bem antes da Idade Média, que mistério é esse de fazer tortilha se não existia o teflon?

O mistério está na frigideira, peça sacramentada da decoração da cozinha, pendurada em lugar especial e na qual só o(a) cozinheiro(a)-chefe botava a mão. “Essa frigideira, recém-comprada, “curada” “ para não grudar, era muito bem lavada, com Bombril ou similar, seca com pano limpo e colocada no fogo. Com bastante, óleo fritavam-se três ou quatro cebolas gordas, previamente cortadas em rodelas, até queimar. Uma vez a cebola frita até queimar, com papel toalha limpava-se a frigideira e se pendurava para o resto da vida, “despendurando-a” só para fazer tortilha e sendo limpa só com papel toalha. Água? Só dos vapores da cozinha.

Aviso importante: este método serve também para as panelas de ferro e de pedra. Pois bem, podemos usar frigideira de teflon em nossas cozinhas modernas, que "no passa nada" .(Então, para fazer uma deliciosa tortilha, além de frigideira que não grude, você vai precisar de:

Tortilha de La Mancha
(para seis pessoas)

Ingredientes: 

  • 7 ovos inteiros
  • 5 batatas grandes descascadas e cortadas em rodelas, não muito finas
  • 1 xícara de chá de óleo de soja
  • 1 cebola grande, cortada em rodelas. A cebola é opcional, a tortilha clássica é de batatas e ovos, mas tem suas variantes com cebolas, tomates, ou presunto, ou bacalhau desfiado. As opções são quase infinitas e vai depender em grande parte da imaginação do cozinheiro.
  • Sal a gosto.

Preparo:

  • Em uma frigideira grande, esquente o óleo e já coloque as batatas e a cebola para refogar lentamente.
  • Salgue, abaixe o fogo e tampe.
  • Com uma colher revire tudo a cada 5 minutos, refogando até a batata quase desmanchar de macia.
  • Bata os ovos, acrescentando uma pitada de sal e jogue em cima das batatas. Quando perceber que os ovos coalharam, com ajuda de um prato, vire a tortilha até dourar do outro lado.
  • Sirva quente ou fria, que fica também muito boa.

Como disse, não há na Espanha bufett frio ou quente, no café ou no jantar em que falte a tortilha. Regue com azeite de oliva e delicie-se. 

 

Gastronomia, Tortilha,

Colunista

Maria de los Angeles

Autodidata, especialista em culinária espanhola e cronista gastronômica
maria@delosangeles.com.br

Veja mais artigos
Mais lidas
  1. Uma sobremesa muito refrescante
  2. SARDINHAS
  3. Alióli
  4. Cuscuz Rodolfo Valentino
  5. Gaspacho Andaluz
  6. Cacau do bom
Leia também
  1. Salada de Arroz Integral
  2. Bolinhos de Chuva
  3. Natal bem brasileiro
  4. Ambrosia
  5. Uma sobremesa muito refrescante
  6. Um bolo com gosto de sítio