Revista Sucesso

Atualizado em 02/12/2016 11:39

Gastronomia

Uma salada lá do Mediterrâneo

"Para dias quentes, minha mãe costumava preparar uma travessa enorme desta salada, que durante vários dias servia de antepasto, recheio enriquecedor de sanduíches, acompanhamento de pratos quentes"

Da redação

Foto: Rafael Bastos

Se tem um ingrediente que não pode faltar na cozinha mediterrânea, é o pimentão. O outro é o tomate. Ambos bastante ricos em vitamina C. Curiosamente, o pimentão vermelho tem mais vitamina C que o verde. Deve ser por isso que o amo. Mas gosto muito também do verde. Há receitas que só aceitam este. Não falo do amarelo porque, para meu paladar, tem gosto ruim. Não me lembro deles durante minha infância, desconfio que sejam transgênicos.

Para dias quentes, minha mãe costumava preparar uma travessa enorme desta salada, que durante vários dias servia de antepasto, recheio enriquecedor de sanduíches, acompanhamento de pratos quentes. Basicamente, é uma salada de legumes assados. Faço como aprendi: com pimentões vermelhos e tomates. Aviso desde já: o que dá mais trabalho é tirar a pele assada dos pimentões que fica preta em alguns pedaços, mas vale a pena!

Salada assada

Para vários dias, ou várias porções, você vai precisar de: 6 pimentões vermelhos; 5 tomates maduros, porém firmes, se forem orgânicos melhor; 1 dente de alho cru finamente picado (opcional); 2 maços de salsinha picadinha; sal a gosto; azeite de oliva (1 copo americano); 2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto.

Primeiramente, lave os pimentões e os tomates inteiros e seque-os com pano limpo ou papel toalha. Disponha-os em assadeira de vidro de preferência. Ligue o forno no máximo e deixe assando até perceber que os tomates explodiram e os pimentões também, formando até carvãozinho na casca. Tire do forno e espere esfriar. Coloque uma peneira sobre um recipiente para poder recolher o caldo enquanto tira a casca. Recolha o caldo da assadeira também, ele nada mais é que a pectina, saudável e muito saborosa.

Dos tomates, a casca sai com facilidade. Vá reservando já no recipiente onde pretende montar a salada. Agora, com os pimentões, você vai precisar uma faquinha para raspar a pele que sair e retirar miolo, cabo, sementes. Sempre sobre a peneira. Estando tudo limpo, corte os tomates grosseiramente. Os pimentões em tiras finas, cortadas ao meio. Misture tudo, não esquecendo do caldinho recolhido. Acrescente o sal, o alho, o vinagre, a salsinha. Regue com o azeite. Para comer sem moderação alguma. Conserve na geladeira.

gastronomia, receita, salada assada, pimentão, crônica

Colunista

Maria de los Angeles

Autodidata, especialista em culinária espanhola e cronista gastronômica
maria@delosangeles.com.br

Veja mais artigos
Mais lidas
  1. Uma sobremesa muito refrescante
  2. SARDINHAS
  3. Alióli
  4. Cuscuz Rodolfo Valentino
  5. Gaspacho Andaluz
  6. Cacau do bom
Leia também
  1. Um bolo lá da roça
  2. Ambrosia
  3. Bolo Especial de Natal
  4. Petit Gateau, uma sobremesa pra lá de chique!
  5. Alióli
  6. Natal bem brasileiro