Revista Sucesso

Atualizado em 20/02/2017

Saúde

Alzheimer: Pilates pode ajudar a retardar a doença

O Pilates pode ajudar nessa patologia com o objetivo de melhorar a coordenação motora – os padrões motores que vão sendo perdidos ao longo da doença. Na parte mental, o Pilates alcança o desenvolvime

Da redação

Método pode ajudar a retardar a doença que degenera o cérebro

Alzheimer ou mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro caracterizada pela perda das faculdades cognitivas superiores e manifestando-se, inicialmente, pela alteração da memória episódica. Essa deficiência agrava-se com a progressão da doença e pode, posteriormente, vir acompanhada pelas deficiências viso-espaciais e de linguagem. O início da doença pode, muitas vezes, dar-se com uma simples alteração de personalidade.

O Pilates pode ajudar nessa patologia com o objetivo de melhorar a coordenação motora – os padrões motores que vão sendo perdidos ao longo da doença. O método também estimula a memória, postergando a degeneração do cérebro. É um trabalho preventivo que deve ser realizado bem no começo.

Pilates é excelente para quem sofre do mal de Alzheimer, ajuda na coordenação motora, fortalecimento dos músculos e ativação da memória por repetição.

Muitas pessoas desconhecem os benefícios do Pilates para quem sofre deste mal. Colocar o corpo em ação é positivo não só para os pacientes, mas para toda a família.

O Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa incurável, felizmente atualmente existem muitos tratamentos que podem ser aplicados para a melhora dos sintomas ou mesmo retardar alguns deles, como é o caso do Pilates, os exercícios ajudam e muito os portadores deste mal. Normalmente a doença atinge não só o cérebro, mas também a parte muscular, trazendo rigidez aos músculos causando a perda das coordenações motoras finas e grossas. “O Pilates por ser um exercício sem impacto, trabalha os idosos com esse mal e melhora a musculatura, já que se trabalha o alongamento e o fortalecimento dos músculos”, explica Priscila Guimarães, proprietária do espaço Santo Corpo em São Paulo.

Na parte mental, o Pilates alcança o desenvolvimento da memoria através das repetições dos exercícios, respiração e concentração na atividade.

A doença é dolorosa para todos os envolvidos. “A família adoece junto com o ente querido, Priscila propõe que todos os envolvidos façam pilates porque infelizmente essa doença traz a perda da memória. “Seria interessante que a família pudesse estar junto com o idoso para acompanhar o trabalho realizado e fazer parte das atividades de forma mais presente. É emocionante, a família comprovar a evolução no alongamento e fortalecimento dos músculos no trabalho com o Core (centro de força) e coordenação motora. O desenvolvimento é um processo contínuo”, conclui a empresária.

O método pode ser trabalhado em grupo, uma vez que, melhora a sociabilização e o humor do aluno, que são extremamente comprometidos durante o processo de evolução da doença. Todos os estudos, que investigam o efeito do exercício na doença, mostram que realmente ajuda na melhora do humor; já que o Pilates pode ser um grande aliado no combate a evolução por trabalhar concentração, controle e coordenação durante a execução dos exercícios.

Trabalha-se também bastante a estabilidade do indivíduo, visto que ele vai perdendo a coordenação motora e o equilíbrio.

O Pilates irá trabalhar com um conjunto de padrões, com o objetivo de estimular a memorização do exercício. Então, além do método trabalhar a sociabilização, trabalha também, junto com os padrões de movimento, o estímulo da memória por meio das associações dos nomes dos padrões de movimento com os movimentos que os alunos realizam em cada aula.

Pratique pilates para se prevenir deste mal e evitar seu avanço!

revista sucesso, bem estar, pilates, alzheimer
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Tatuagem: prós e contras do procedimento
  2. Depressão e ansiedade: atividades físicas são...
  3. Ar seco, fumaça, mudanças bruscas de...
  4. Surdez prejudica convívio familiar e...
  5. Varicocele causa infertilidade no homem